×

31/07/2017 15:38

Geral

Servidores de Canoas usarão protetores auriculares durante obra no foro

Após exigência do Sindjus, TJRS fornecerá itens aos trabalhadores da Comarca

 

Atendendo reivindicação do Sindjus RS, o Tribunal de Justiça fornecerá protetores auriculares aos servidores que atuam no foro de Canoas, que passa por reforma. Após receber reclamações da categoria, os diretores Edson Busatto e Márcio Cocco compareceram ao local, junto com o médico do Trabalho Geraldo Azevedo, que atua na entidade.

Lá constataram o barulho excessivo em função das obras no prédio, o que causa transtornos ao andamento dos trabalhos na rotina forense, além de prejudicar a saúde dos servidores. Levando em conta o ambiente insalubre, o Sindicato solicitou, através do Ofício 45/2017, à Administração do TJRS que fosse providenciada a aquisição de protetores auriculares para os trabalhadores da Comarca.

Sobre o tema, foi formado o expediente Themis Administrativo nº 0010-17/000856-5. No último dia 21 a juíza-corregedora Silvia Muradas Fiori decidiu o seguinte: “Considerando que os EPI solicitados constam da relação de materiais disponíveis, tenho que eventual requerimento deverá ser formulado pela direção do Foro da Comarca de Canoas. Assim, encaminhe-se cópia do pedido formulado pelo Sindjus RS ao diretor do Foro e arquive-se. Comunique-se ao requerente”.

Posteriormente, a Corregedoria-Geral de Justiça (CGJ) enviou e-mail à direção do Foro de Canoas corroborando a determinação da juíza. A direção do Foro então enviou e-mail ao Sindicato comunicando o pedido dos protetores auriculares: “De ordem do Exmo. Dr. Geraldo Anastácio Brandeburski Júnior, em resposta ao Ofício em anexo, esclarecemos que a direção do Foro não tinha conhecimento da existência dos protetores auriculares na relação de materiais, infelizmente. Com o recebimento de e-mail do Sedoc em 18/07/17 informando a solicitação do Sindjus, realizamos o pedido dos materiais na mesma data, portanto, aguardamos o recebimento dos materiais para distribuição aos servidores e magistrados (...)”.

 

 

Palavras-chave: "Comarca" "Canoas" "obra" "insalubridade" "protetor auricular" "TJRS" "saúde"


Notícias Relacionadas

/
/
Nenhum notícia relacionada encontrada.

 


 

 

Acesso Rápido

Nossas Lutas

 

 

Convênios