NUSOJ mantém neutralidade sobre criação de novo sindicato

    Entidade específica para os Oficiais de Justiça é demandada pelos servidores

    Na tarde desta quinta-feira, os integrantes do Núcleo dos Oficiais de Justiça (NUSOJ) do Sindjus RS se reuniu na sede da entidade. Em discussão esteve a possibilidade de criação de um novo sindicato, específico para os Oficiais de Justiça. Os servidores reconhecem que a demanda é acalentada há anos pela categoria, em função das especificidades da classe.

    Com a possível fundação da entidade, os representantes entendem que o NUSOJ perderá sua finalidade. Ao manifestar sua opinião sobre o tema, dois servidores se manifestaram favoráveis à criação, enquanto outros dois expressaram contrariedade e um se abasteve de voto.

    Assim, o NUSOJ decidiu manter posição neutra quanto ao assunto, inclusive diante de futuras ações que possam ser adotadas pela diretoria do Sindjus, como eventual impugnação, incluisive judicial, contra a legitimação de um sindicato dos Oficiais de Justiça no Estado. Compareceram à reunião Ada Rufino, Allan Reis, Diogo de Miranda, Luiz Mauro de Souza e Marcos Rinaldi.